Copyright © 2018 Município de Muçum – todos os direitos reservados.

Novo investimento possibilita que avicultor abrigue mais de 100 mil aves por lote


Administração Municipal prepara terreno para edificação. (Foto: Luís Gustavo Bettinelli)

O setor primário de Muçum ganhará novo incremento nos próximos meses. O investimento da vez, acontece no Bairro José Marcolin, na propriedade de Juliano Picoli. O produtor de frangos investe na edificação de um novo galinheiro, de 166 metros de comprimento por 18 metros de largura. Picoli possui ainda outros dois galinheiros de tamanho idêntico que, juntos, abrigam mais de 40 mil aves.


Totalmente automatizado e capacidade para abrigar 60 mil frangos, o novo empreendimento irá operar com o sistema dark house, que oferece mais benefícios a médio e longo prazo, garantindo uma produção avícola mais eficiente. Entre as vantagens estão o bem-estar animal das aves, redução da mão-de- obra, redução do índice de mortalidade dos frangos, menor custo de alimentação, maior densidade de aves, melhora dos parâmetros produtivos e melhor controle da temperatura e luminosidade.


Para facilitar a iniciativa, a Administração Municipal, através da Secretaria de Agricultura, presta auxílios através da terraplanagem do terreno, que dura há quase um mês. Para o prefeito Lourival de Seixas, que esteve na manhã de ontem em visita ao trabalho feito pelos funcionários da Prefeitura, a diversificação e a evolução do setor primário de Muçum nos últimos anos é notória. “Desde o início de minha gestão, vivemos uma era onde é investido em diversas áreas da agricultura, o que potencializa o setor e gera renda aos agricultores, que por sua vez tem mais autonomia aquisitiva, além de beneficiar diretamente a economia do município”, destaca.

19 visualizações